©
ME CHUPA

about

Sou um poço de discórdia, e um oceano de sarcasmo. ♔

ask


links

homefaqminesubmitgoodbyecredit
Quis voltar para onde tudo parou e tentar fazer de lá um novo começo. Um recomeço qualquer, mais bonito, diferente, sem os erros do passado. Mas percebi que inevitavelmente o tempo passa e as pessoas mudam e as lágrimas secam e você começa a se reerguer devagar. Então, sem tentar fazer força, você olha o que restou dos castelos que a onda levou. E percebe que está na hora de mudar de praia, de areia, de estrutura de castelo. E começar uma nova história. Do zero.

-Clarissa Corrêa.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Source: inverbos, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

itslatingirl:

instagram
Será que alguma vez você parou pra pensar que enquanto sofre e perde tanto tempo dando o seu melhor a uma pessoa que não te faz bem, você pode ser o motivo das lágrimas de alguém que faria tudo por você? Já parou pra pensar que enquanto você cria planos intermináveis de fuga alimentando sua vontade insaciável de sumir, pra fazer quem não se importa notar, você pode ser todo dia o motivo da saudade de alguém? Alguma vez você parou pra refletir que enquanto você se destruia por alguém não ter respondido suas palavras mais sinceras, você mudaria o dia de alguém com um simplório bom dia? Já parou pra pensar que você pode ter ido dormir chorando por alguém, enquanto outra pessoa se estremeceria com um decorado boa noite? Já pensou que enquanto você continua indo atrás de quem não te espera, alguém correria por você mesmo que tu estivesse indo na direção errada só pra te trazer de volta? Será que é muito difícil perceber que algumas pessoas querem te empurrar a culpa enquanto alguém te pediria perdão mesmo que a razão não fosse sua só pra te ver bem? Talvez seja a hora de usar os pontos, e começar a valorizar quem te coloca na mesinha do centro, não no fundo da gaveta.

-Sean Wilhelm. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Source: seanwilhelm, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

O mundo não vale o mundo, meu bem.
Eu plantei um pé-de-sono,
brotaram vinte roseiras.
Se me cortei nelas todas
e se todas se tingiram
de um vago sangue jorrado
ao capricho dos espinhos,
não foi culpa de ninguém.
O mundo, meu bem, não vale
a pena, e a face serena
vale a face torturada.
Há muito aprendi a rir, de quê? de mim? ou de nada?

-Carlos Drummond de Andrade.    (via aluguefelicidade)

(Source: trechosdaliteratura, via aluguefelicidade)

Você não me amava, apenas gostava da minha presença quando todos te deixavam. Você não me amava, apenas gostava de ver que alguém realmente se importava com o seu bem-estar. Apenas gostava do modo que eu te tratava; como ninguém nunca te tratou. Você não me amava, apenas me pedia para ficar, pra não perder aquela pessoa que não se importava em se entristecer pra te ver sorrir. Você não me amava, apenas se sentia importante quando via que, um dia sem você, era muito tempo pra mim. E eu? Eu te amo, desde o ínicio. Eu te amo, mesmo que doa. Eu te amo, mesmo sentindo tudo sozinho. Eu te amo, mesmo que hoje você diga que nunca quis me iludir.

-Fernando, ou o que restou de um   (via cartas-rasgadas)

(Source: palavrasdeumjovempoeta, via cartas-rasgadas)

Aí fode tudo. Errado com errado acaba em putaria, certo com certo acaba em casamento, mas errado com certo acaba em eu deitado na cama chorando em cima do travesseiro. Acaba comigo.

-Tati Bernardi  (via cartas-rasgadas)

(Source: 27-06, via cartas-rasgadas)